Um paraíso de águas quentes à sua espera

Curiosidades & Atrações

PONTOS TURÍSTICOS QUE VALE MUITO A PENA CONHECER

Porto de Galinhas

Com águas cristalinas, de um azul cintilante, onde se vêem pequenos peixes coloridos e muitas outras espécies marinhas, e imensos coqueirais, à Praia de Porto de Galinhas se confere o conceito ideal de vida e de beleza natural estonteante, onde se pode usufruir a mais almejada tranqüilidade, inerente às autênticas colônias de pescadores.
No século XIX, foi um porto para desembarque clandestino de escravos e hoje é considerada uma das mais belas praias do Brasil.
Passeios opcionais de jangada pelas piscinas naturais e de buggy às praias do Pontal de Maracaípe, Maracaípe, Porto de Galinhas, Cupe, de Muro Alto e Camboa.

 

Praia dos Carneiros

A Praia dos Carneiros é uma das preferidas para esportes náuticos entre os pernambucanos. O mar é calmo, com características ideais para um bom mergulho: águas claras, pouca profundidade e muito espaço para se divertir e tomar sol em suas areias. Os coqueirais fazem de Carneiros um belo exemplar de praia nordestina. Fica a cerca de 90 km ao sul do Recife.

 

Guadalupe e Ilha de Santo Aleixo

Localizadas no litoral sul, onde a natureza ainda encontra-se meio intocada como em nenhuma outra praia do litoral de Pernambuco, Guadalupe tem 3 km de extensão, falésias (algumas com até 15 m de altura), piscinas naturais com águas calmas de cor azul-esverdeada e um denso coqueiral, que compõem a bela paisagem. 
No catamarã que levará até a Ilha de Santo Aleixo, você poderá desfrutar de petiscos* e drinks*. Santo Aleixo - Formada por rochas vulcânicas com praias paradisíacas, a ilha tem 36 ha com mata atlântica e uma orla de arrebatadora beleza, ideal para um mergulho com snorkel*. 
O ponto de apoio de onde sai o catamarã fica localizado na Praia de A-Ver-O-Mar, com uma grande faixa de areia branca e piscinas naturais na maré baixa. *Opcionais.

Passagem por Igarassu, uma das mais antigas cidades históricas do Brasil, onde está localizada a Igreja dos Santos Cosme e Damião, de 1535, considerada a mais antiga do Brasil. Itamaracá é uma exuberante ilha costeira com 84 km² de natureza, história e beleza, onde também se encontram opções de esportes náuticos, o Forte Orange - construído pelos holandeses no século XVII - e o Centro do Peixe-boi - base de pesquisa e preservação de uma das mais valiosas espécies em extinção do litoral Nordestino. Passeio opcional de catamarã à Coroa do Avião - ponto de observação de pássaros migratórios -, uma ilhota paradisíaca, para descontração e lazer.

 

Praias do Cabo de Santo Agostinho

Localizadas no litoral sul, são, com certeza, algumas das maravilhas do litoral pernambucano. Ficaram conhecidas por suas belezas naturais, águas mornas e cristalinas. No passado, foram refúgio de aventureiros que buscavam tranqüilidade na pequena vila de pescadores. Passeio de buggy pelas praias da região (Cabo de Santo Agostinho e Calhetas) e passeio de catamarã pelas praias de Paraíso e do Francês e também pelos manguezais.

 

CITY TOUR RECIFE E OLINDA E MUSEU INSTITUTO RICARDO BRENNAND

Você vai conhecer o Recife, maior centro cultural, de lazer e serviços do Nordeste.

Cidade de características diferenciadas, o Recife encanta por seus rios, pontes e pela harmoniosa convivência entre a arquitetura moderna e a antiga, legado português da época do Brasil Colonial.
Dentre os atrativos do roteiro, a panorâmica praia de Boa Viagem, uma das mais bonitas praias urbanas do País, com sua orla de prédios elegantes, palhoças de coco verde e mar de piscinas naturais; o Cais José Estelita, integrado à Bacia do Pina e ao velho Forte das Cinco Pontas (1630); o Bairro do Recife Antigo (parada), exibindo o Parque de Esculturas Francisco Brennand sobre o molhe do Porto, construções do século XVII ao início do XX e a Rua do Bom Jesus, conhecida durante o período do domínio holandês como Rua dos Judeus, por sediar estabelecimentos comerciais judaicos e a Sinagoga Kahal Zur Israel, a primeira das Américas, hoje centro cultural.

Alcançando a Ilha de Santo Antônio, uma parada na Praça da República para admirar o imponente conjunto formado pelo Palácio do Campo das Princesas (1841), Teatro Santa Isabel (século XIX) e Palácio da Justiça e deslumbrar-se com a riqueza da Capela Dourada.

A caminho da Casa da Cultura, onde lhe aguarda o melhor do artesanato nordestino, a visão da Rua da Aurora, com seus casarões refletidos nas águas do Capibaribe.

Chegando a Olinda, primeira capital de Pernambuco e cidade consagrada pela UNESCO “Patrimônio Natural e Cultural da Humanidade”, a descoberta de um lugar mágico.

Por entre ruas e ladeiras de pedras irregulares, adornadas pelo casario colorido, a visita a igrejas seculares, ao Mosteiro de São Bento, cujo altar-mor, valioso exemplo do barroco brasileiro, foi exposto na Exposição "Brasil de Corpo e Alma", realizada em 2001 no Museu Guggenheim, Nova Iorque, à Rua do Amparo e seus ateliês de artesãos e artistas plásticos, ao Largo da Misericórdia e ao Alto da Sé, com seus mirantes de horizonte sem fim e a oportunidade de saborear uma deliciosa tapioca com queijo.

O instituto Ricardo Brennand foi criado pelo colecionador pernambucano Ricardo Brennand, que há mais de cinqüenta anos vem adquirindo obras de arte das mais diferentes procedências e épocas, cobrindo um espaço de tempo entre os séculos XV e XXI, com peças provenientes da Europa, Ásia, América e África.

Essas obras de arte estão reunidas em coleções de Pintura, brasileira e estrangeira, Armaria, Tapeçaria, Artes Decorativas, Escultura e Mobiliário.

Essas obras de arte estão reunidas em Coleções de Pintura, brasileira e estrangeira, com destaque para a maior coleção privada do pintor holandês Frans Post, Armaria, Tapeçaria, Artes Decorativas, Escultura e Mobiliário.

núcleo de Armaria, que originou a Coleção Ricardo Brennand, é considerada hoje, uma das maiores coleções do mundo, com cerca de 3.000 peças, fabricadas na Inglaterra, França, Itália, Alemanha, Espanha, Suécia, Turquia, Índia e Japão.

IGARASSU E ILHA DE ITAMARACÁ - PERNAMBUCO

Situado a 30 quilômetros do Recife, Igarassu é berço da história de Pernambuco, tendo recepcionado, em 1535, a comitiva portuguesa que conduzia o donatário da Capitania, Duarte Coelho Pereira. 

Ruas de pedras irregulares, belas construções religiosas e um singelo casario lembram o passado da cidade, marcado pela participação em lutas libertárias e períodos de progresso econômico decorrentes do cultivo da cana-de-açúcar.

O roteiro contempla visita à Igreja dos Santos Cosme e Damião, o mais antigo dos templos católicos em terras brasileiras, datado de 1535, e ao Convento de Santo Antônio, abrigando representativa pinacoteca da fase colonial.

A caminho da Ilha de Itamaracá, passaremos em Itapissuma, conhecida como a “Terra dos Crustáceos”, lindamente situada às margens do Canal de Santa Cruz. 

Atravessando a Ponte Getúlio Vargas, chegamos à Ilha, com suas praias de águas tranqüilas, monumentos históricos e o doce sabor das muitas frutas tropicais e dos “roletes de cana”.

É hora de conhecer o Engenho São João, o primeiro a vapor do País; o Centro de Preservação do Peixe Boi Marinho, com exposição temática e grandes aquários onde os filhotes são preparados para reintrodução ao habitat natural; e o Forte Orange, primitiva construção holandesa reconstruída em pedra e cal pelos portugueses no ano de 1654. 

A localização do Forte é privilegiada: à beira-mar, em frente à ilhota da Coroa do Avião, base de pesquisas de aves migratórias e point turístico, e tendo em seu entorno bares populares, além da oferta de equipamentos e serviços para a prática do lazer náutico.

Opcional:
Tour de Catamarã - Ilha de Itamaraca – Litoral Norte
Inesquecível tour em catamarã pelo litoral norte do Estado, oferecendo paisagens da famosa Ilha de Itamaracá, de trechos da Mata Atlântica e áreas de manguezal. Na bela ilhota da Coroa do Avião, parada para saborear os petiscos servidos nos bares locais e tomar um banho de mar.

Leia outras curiosidades